Copyright 2017 - Centro Social de Paramos

Dia da Maçã no Lar S. José

No dia 16 de setembro assinalamos, no Lar S.josé ,o dia internacional da maçã realizando com os nossos séniores um delicioso crumble de maçã feito na bimby. O objetivo desta ação foi reforçar com os nossos clientes a importância da maçã na alimentação. 

Veja aqui a galeria de fotos.

 

17.º Aniversário do CHS Quinta de Paramos

No passado dia 22 de setembro o Centro Social de Paramos voltou a celebrar mais um aniversário do Complexo Habitacional da Quinta de Paramos. Esta iniciativa resultou da união de esforços de várias entidades/associações, nomeadamente CLDS 3G “Espinho Vivo” – Eixo 3 e Centro Comunitário (CSP), Comissão de Moradores do CHS, contando também com o imprescindível apoio da Câmara Municipal de Espinho, da Junta de Freguesia de Paramos e da Associação Chuva D’Afetos. Alegria e entretenimento foram as palavras de ordem desta comemoração que teve a participação de inúmeras famílias e de representantes das várias entidades concelhias, quer no almoço convívio, quer nas várias atividades lúdicas disponíveis. Após muita animação musical, pinturas faciais, artes plásticas e insuflável, crianças e adultos juntaram-se para encerrar a festa com o tradicional corte do bolo, dedicadamente confecionado e decorado por uma residente do CHS. O Centro Social de Paramos deixa um especial agradecimento aos vários estabelecimentos comerciais do concelho que contribuíram para o sucesso desta iniciativa.

Veja a galeria de fotos aqui.

Convocatória: Assembleia Geral Ordinária

Nos termos do Artigo 21.º, n.º 1 dos Estatutos, convocam-se todos os Senhores Associados a reunir em Assembleia Geral Ordinária, a realizar no dia 29 de novembro de 2017, pelas 21:00 horas, na Sede deste Centro Social, sita na Travessa da Junta, com a seguinte

Ordem de Trabalhos:

1. Leitura da ata da Assembleia Geral Ordinária anterior; 

2. Apreciação, discussão e votação da Conta de Exploração Previsional, Orçamento de Investimentos e Desinvestimentos, Plano de Atividades para o exercício 2018 e Parecer do Conselho Fiscal;

3. Outros assuntos de interesse.

 

Se à hora marcada não estiver presente a maioria dos associados, a Assembleia terá início meia hora depois, com qualquer número de associados (artigo 29.º, n.º 1).

 

Paramos, 13 de novembro de 2017

Presidente da Assembleia Geral (José Alberto Fernandes Oliveira)

 

Consulte aqui o PLANO DE ATIVIDADES E CONTA DE EXPLORAÇÃO PREVISIONAL.

CSP (pela rede R3) reúne com grupos parlamentares

No dias 19 e 20 do presente mês o Centro Social de Paramos esteve na Assembleia da República, nomeada como uma das entidades representantes da Rede R3 - Riscos Reduzidos em Rede. A Rede reuniu com os diferentes Grupos Parlamentares (GP) de modo a aduzir uma proposta para a discussão crítica e construtiva sobre a revisão do financiamento dos "projectos" de Redução de Riscos e Minimização de Danos (RRMD).

De uma forma geral, os representantes dos GP reconheceram a importância das intervenções nesta área, colocando-se disponíveis para manterem o diálogo com a Rede R3.

A Rede R3 deu a conhecer aos GP que manterem a "lógica de projectos" em respostas perfeitamente enraizadas e integradas localmente (algumas há mais de 10 anos), é pedirem às ONG que trabalhem nos limites das suas capacidades, contribuindo para um modelo de organização precária que afeta negativamente os profissionais e, por conseguinte a população, e denotando escassez de recursos materiais, por se enfrentarem interrupções e cortes no financiamento.

Veja-se o caso do Centro Social de Paramos que desde 2001 promove a Equipa de Rua SMACTE, que intervém no concelho de Espinho, serviço que funciona até hoje em formato de projecto (dependente de concursos públicos), quando já ultrapassou o formato experimental, pois é reconhecido pela Rede Social como uma resposta essencial no concelho.

Assim, advogamos por um financiamento dos Serviços de RRMD a 100%; por um maior pragmatismo nos processos técnico e financeiro; pelo reconhecimento dos Serviços de RRMD, enquanto programas de carácter contínuo e e sistemático, equiparando (efetivamente) a RRMD aos Eixos do Tratamento e da Dissuasão.

Foto cedida pelo Grupo Parlamentar do Partido Socialista.

Associação "Paramos em Movimento" entrega donativos ao CSP

Na tarde de ontem a Associação Paramos em Movimento, num gesto de boa vontade e solidariedade, doou ao Centro Social de Paramos 3 cadeiras de rodas e um LCD. Esta associação paramense, responsável pela organização da reconhecida “festa do emigrante” há já 5 anos consecutivos, tem também como premissa apoiar instituições e famílias que se encontrem em vulnerabilidade social, prestando apoio, sobretudo, ao nível alimentar. Na oportunidade, o Centro Social de Paramos deixa um sentido agradecimento pela generosidade de todos os elementos que desta forma apoiam a nossa Missão.

Concurso Entrada Brilha +

Realizou-se na tarde de ontem a avaliação das entradas concorrentes ao Concurso Entrada Brilha +. Esta iniciativa promovida, pelo 2º ano consecutivo pelo Centro Comunitário, Clds “Espinho Vivo”- Eixo 3 e Câmara Municipal de Espinho, contou com a presença de um elemento representante de cada entidade, enquanto júri, que deliberou como vencedoras as seguintes entradas: Bloco A - Entrada 100 | Bloco B - Entrada 62 | Bloco C - Entrada 77 | Bloco D - Entrada 78 | Bloco E - Entrada 189

Recordamos que esta ação conjunta teve como objetivo estimular nos moradores o respeito e cuidado pelos espaços habitacionais comuns, premiando assim, com um kit de limpeza e diploma, as entradas mais limpas e cuidadas do CHQP.

Concurso de Quadras de São João: Vencedores

O CLDS 3G "Espinho Vivo" - Eixo 3 lançou o desafio aos residentes dos 4 Complexos de Habitação Social do Concelho de Espinho, de criarem uma quadra alusiva à comemoração dos Santos Populares. Face a alguns constrangimentos, somente foi possível agora divulgar os vencedores!

As premiadas pela originalidade foram: Maria de Fátima Francisca, Maria Angelina Maia Pereira e Dorinda Henriques. Parabéns a todos os participantes!

QUADRAS VENCEDORAS

1.º Lugar

"Gosto do S. João 

Também da Mediateca

Gostava que o Dr. Lino

Nos desse a sardinha e a pinga na caneca

Gosto de ir à noitada

Sei que vou sem medo

As chaves ficam guardadas

No poderoso S. Pedro

Os Santos Populares 

trazem-nos muita alegria

Mas quando chega a manhã

A carteira está vazia

O Dr. Lino é um homem

De se lhe tirar o chapéu

Como S. Pedro é o padroeiro

Não quer que lhe tire o lugar no céu

F.F.

2.º Lugar

Ó meu rico S. João

Meu santo casamenteiro

Homem para mim não quero

Mas preciso de dinheiro

Ó S. João do povo

ÉS um santo popular

Sou velha mas não estou morta

À noite eu vou bailar

Ó S. João lindo

Como tu não há igual

É a festa mais bonita

Deste nosso Portugal

Ó meu lindo S. João

Ainda não tens santa

Mas se queres mulher bonita

Vem ao bairro da Ponte de Anta

M.P. 

3.º Lugar

Já no outono da vida

Encontrei muito carinho

No centro comunitário

Aqui na Cerciespinho

Tenho ouvido e tenho dito

Quem andou não tem para andar

Mas isso não passa de um mito

Tu ainda tens muito para dar

Vem brincar ao S. João

Na Cerci porta de abrigo

Vem esquecer a solidão

Tu não estás só, eu estou contigo

S. João ficou pasmado

E com razão para tal

Ao ver uma geringonça 

A governar Portugal

Na noite de S. João

Há coisas que são sagradas

Que são comer umas sardinhas

E dar umas "marteladas"

D.H.

 

Séniores em modo medieval!

Durante a Viagem Medieval, um grupo de séniores do lar S.José teve a oportunidade de visitar o centro histórico de Santa Maria da Feira, onde conheceram algumas personagens do reinado de D.Afonso IV. 

Vejam a galeria de fotos na nossa página do facebook.

Encontro Intergeracional no Lar S.José

No passado dia 16 de agosto, o grupo Passo a Passo, pertencente à Comunidade Missionária Verbum Dei, que estiveram “hospedados”num campo de férias em Paramos, celebraram uma eucaristia no Lar S. José. Um encontro entre jovens e séniores que resultou numa celebração de vida e alegria.

Agradecemos a presença e simpatia destes jovens que proporcionaram uma bela tarde de convívio aos idosos.

Festa Sunset “Gira Sol”

O Centro Comunitário encerrou no dia 10 de agosto com a festa “Gira Sol” o ciclo de actividades das férias de Verão destinadas às crianças e jovens que são acompanhadas por esta resposta.

Esta festa foi recheada dos habituais ingredientes típicos de uma sunset, tendo ainda havido oportunidade para a dinamização de actividades para a promoção de comportamentos saudáveis no âmbito das temáticas da sexualidade, proteção da pele e consumos.

Foi ainda com grande orgulho que foram reconhecidos/premiados oito crianças e jovens pelo seu comportamento/percurso escolar exemplares ao longo deste ano letivo.

Desfolhada no Lar S. José

Usos, costumes ou tradições são parte importante na identidade e na cultura de um povo, de cada pessoa. Ao longo dos tempos, certas tradições mantiveram-se inalteráveis, outras sofreram influências e algumas simplesmente só existem na memória do povo. E a tradição da desfolhada continua muito “viva” na vida dos nossos idosos que encaram esta atividade como se de um presente se tratasse. Assim foi a tarde de ontem em que a tradição e alegria foram rainhas e, consequentemente, se promoveu o bem-estar dos nossos idosos… Um dos momentos mais animados foi o aparecimento da espiga rainha, espiga de milho vermelho, que deu direito à felizarda que a encontrou de abraçar todos os colegas e amigos, acompanhando com a seguinte cantiga: “Venho daqui de tão longe, Com a minha espiga bonita Quando olho para a menina A minha espiga se arrebita! Oh meu bem, dás-me um abraço para consolar o meu rei? - Um abraço te quero dar Para o meu rei consolar”! No final da desfolhada foi servido um lanche tipicamente português. Vejam como foi! O Lar S. José deixa um especial agradecimento à D. Maria e D. Emília que,de forma voluntária, apoiam, animam e mimam os nossos idosos!

Veja a galeria de fotos na nossa página do facebook.

Oferta de Emprego: Ajudante de Cozinha (M/F)

 

AJUDANTE DE COZINHA (M/F)

PERFIL: Experiência profissional na preparação de refeições; Conhecimentos na área alimentar; Disponibilidade para trabalhar por turnos e ao fim de semana.

CONDIÇÃO Disponibilidade imediata.

Envie a sua candidatura para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Modelar com massa de farinha - Sala 2

As crianças da sala 2 puseram a “ mão na massa” e partiram à descoberta de novos materiais e novos sabores. Através desta prova de diferentes ingredientes e da exploração livre da massa de farinha, estimulamos a criatividade, desenvolvemos a preensão e força das mãos e pulsos, apuramos a motricidade fina e desenvolvemos o sentido do tato. E com brincadeira se fomenta o crescimento e o bom desenvolvimento das nossas crianças.

Veja a galeria de fotos na nossa página do facebook.

Semana da Poupança Energética na Infância

No âmbito do Projeto Gira + a infância dinamizou um ciclo de atividades numa semana cujo tema foi a poupança energética. Assim, através de contos, como a “Rosinha vaidosa” e a “A grande festa em casa da natureza”, as crianças foram sensibilizadas a economizar eletricidade em casa e na escola tornando-as conscientes de que a economia de energia faz poupar dinheiro e é boa para o ambiente. Desligar aparelhos que não estão a ser usados, gastar pouca água no banho e apagar as luzes são entre muitas outras coisas simples que os mais pequenos podem fazer para economizar energia. Posteriormente, através de desenhos as crianças provaram que muito aprenderam para evitar o desperdício energético, revelando um grande interesse e conhecimento sobre o tema. Ainda, e para assinalar o Dia Mundial do Ambiente, a infância recebeu a visita da Lipor que realizou jogos lúdico-pedagógicos sobre a temática. Para terminar a “semana com muita energia” comemoramos o Dia Mundial do Vento com a construção de um catavento, deixando-as experimentá-lo ao ar-livre e dando-lhes assim a conhecer o vento enquanto fonte geradora de energia. Embora sensibilizar para o tema seja importante em qualquer idade, são as crianças de hoje que se tornarão nos futuros líderes, e serão estas que terão nas mãos a responsabilidade de tomar as decisões necessárias para preservar o planeta, por isso, sensibilizá-las para a importância de preservar o meio ambiente é essencial. Não esqueça que os bons exemplos são os maiores aliados da melhor aprendizagem! Vamos juntos contribuir para um mundo melhor e mais sustentável.

Veja a galeria de fotos na nossa página do facebook.

"Por um bairro mais limpo" no Bloco 4 da Marinha de Silvalde

O CLDS “Espinho Vivo” – Eixo 3 em parceria com a Câmara Municipal de Espinho já deu início à ação “ POR UM BAIRRO MAIS LIMPO”! A primeira atividade foi realizada no bloco 4 da marinha de Silvalde e contou com a colaboração dos moradores que construíram e decoraram, com muita cor, 2 papeleiras que têm como objetivo sensibilizar todos os residentes para a manutenção de um bairro mais limpo e cuidado.

I Colóquio Luso-Brasileiro de Clínica Psicossocial

O Centro Social de Paramos, representado pela Equipa de Rua SMACTE, participou no I Colóquio Luso-Brasileiro de clínica psicossocial com utilizadores de drogas em situação de vulnerabilidade, que decorreu nos dias 19 e 20 na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), em parceria com o Programa de Pós-graduação em Psicanálise da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Pretendia-se a aproximação entre os investigadores e os profissionais com experiência na intervenção com pessoas consumidoras de drogas, de modo a permitir reflexões sobre as políticas de drogas no Brasil e em Portugal e os dispositivos de cuidado existentes.

Relembramos que a Equipa de Rua SMACTE intervém nesta área desde 2001, marcando presença ativa em várias redes nacionais e internacionais, impulsionando o Centro Social de Paramos além-fronteiras, porque acreditamos que a defesa dos direitos humanos e o acesso à saúde são assuntos universais e que é nossa missão lutar por eles.

Deste modo, trouxemos a conclusão que muito embora se tenham identificado diferenças nos modelos de intervenção nos dois países (decorrentes de diferentes formas de organização do Estado e da sociedade civil, posicionamentos legais, questões culturais....) encontraram-se vários pontos em comum que lançaram o interesse para o desenvolvimento de parcerias futuras.

Contactos

Morada: Travessa da Junta, nº 44, 4500-541 Paramos
Telefone: 227330870
Telemóvel: 963239865
Fax: 227330879
E-mail: geral@centrosocialparamos.org

Área Reservada